RECOMEÇAR

Recomeçar é estar ferido e suportar; é estar cansado e continuar!

FLORESCIMENTO

O entendimento e a aceitação da capacidade em si direciona a um novo modo de ver a vida, o mundo e a nós mesmos.

AME-SE

Crônica publicada na Revista Ser Espírita.

CHICO XAVIER - TRAÇOS BIOGRÁFICOS

O sonho de todo médium é aproximar-se de sua obra!

O TEMPO E A ETERNIDADE

Não deixemos que o mal uso do tempo presente determine uma eternidade dolorosa.

24 de julho de 2011

AMAR!

 O que é amar? Será que sabemos quando estamos amando? É muito comum confundirmos os sentimentos, principalmente, ao analisar a forma como o nutrimos por alguém. Não é tão simples como parece diferenciar um simples gostar de um sentimento mais profundo e elaborado como o amor. 
A descoberta do amor nos deixa desnorteados num primeiro momento, justamente por não conhecê-lo e não saber como lidar com esse sentimento tão almejado, desejado. Tanto que ao bater a porta do nosso coração temos medo de abrir e ser mais um alarme falso, um sofrimento, uma desilusão. 
Devemos lembrar que esse estado negativo se instala quando criamos falsos modelos de pessoas perfeitas. Uma vez que a perfeição é criada a partir de nossos valores, crenças, vontades, ou seja, de nossas cabeças. Devemos abolir de nossas mentes o ideário de perfeição. Ora, nós não somos perfeitos. Pelo contrário, estamos cheio de "defeitos" a serem corrigidos, ajustados, esquecidos ou mesmo, modificados.
A pessoa ideal é aquela que você não precisa mudar nada, só o simples fato dela existir já te faz feliz; que caminhar de mãos dadas com você é o suficiente para ganhar o dia, a tarde ou a noite. E muito mais importante, é aquela que almeja crescer junto, lado a lado, sem medo do que Deus pode reservar ao casal, mas independente da prova, tentarão juntos serem aprovados.
Um casal não é a união de duas pessoas, mas sim de sentimentos, sonhos, valores e desejos. Quando o casal pensa da  mesma forma, age de modo semelhante há grandes chances de se conquistar a felicidade. Lembremos que a felicidade nasce dentro de cada um de nós, então não adianta esperá-la de alguém, devemos antes de qualquer coisa, ser feliz por nós mesmos, pelo bem do nosso coração, e então conseguiremos olhar com mais cuidado a nossa volta e encontrar o amor onde nunca haviamos imaginado.
Amar não é suspirar por alguém, é simplesmente, saber que pode contar com alguém; ter com quem conversar, mesmo que seja para falar do seu dia; é poder abraçar alguém olhando nos olhos, demonstrando sem medo o quanto está feliz por tê-la ao seu lado naquele momento!

19 de julho de 2011

Rotina

Porque a rotina chateia tanto as pessoas? Muitos reclamam de sempre fazer tudo igual, de não haver "novidades" em suas vidas! O que elas não percebem é que essa rotina é a chance que recebemos todos os dias para fazer melhor aquilo que ainda não conseguimos fazer direito, e que nos possibilita avançar à próxima etapa de nossas vidas.
Nuca devemos tirar de nossas mentes que somos seres em constante apredizado; que independente do grau de instrução acadêmico temos a vida a nos ensinar o convívio com as pessoas e, principalmente, com nós mesmos. Justamente, porque necessitamos nos compreender, saber do que gostamos, o que queremos para então olharmos nossos amigos, irmãos, namorado, esposa, marido, pai e mãe com olhos de compaixão; por perceber que os defeitos de outros merecem tantos cuidados quanto os nossos.
A tão difamada rotina se constrói a partir de nossas oportunidades perdidas; de não observarmos a chance de fazer novamente da forma correta, de perceber que aqueles com quem convivemos também necessitam de carinho, assim como nós tanto desejamos.
Essa rotina deixará de existir quando percebermos que cada dia de nossas vidas é um novo aprendizado; que ao somar o conhecimento do dia, amanhã receberemos um novo, e assim por diante. Até chegar num determinado ponto, onde perceberemos que somos pessoas diferentes, "melhores", pois conseguiremos compreender a nós e ao próximo. Que nossa rotina é tão interessante, que consegue nos elevar à um padrão jamais imaginado.
A rotina se torna perniciosa quando deixamos de nos enxergar enquanto agentes construtores de nossa realidade. E a rotina é aquilo que imaginamos ser nossas vidas.
Então, se imaginarmos nossas vidas como círculos dos quais não conseguimos sair, assim será. Porém, se estivermos nesse círculo e vermos uma brecha, devemos sair por lá, pois ao darmos a volta novamente essa abertura pode não estar mais lá, e para encontrá-la novamente precisaremos dar muitos outras voltas.
A definição de rotina ainda é confusa, complexa e paradoxal, mas acima de qualquer coisa ela é uma escola da qual nunca receberemos um papel dizendo que somos graduados, mestrados ou doutorados. Esse título só conseguiremos ostentar quando aprendermos de verdade. Uma vez que não ostentaremos, mas sim, demonstraremos através de nossos atos, comportamento e tratamento para com as pessoas aquilo que aprendemos com a vida, com a rotina!

5 de julho de 2011

Pessoas!

Qual é o impacto causado pela entrada de uma pessoa na nossa vida? Sem dúvidas, que essa entrada desarticula tudo aquilo que você sempre acreditou estar nos eixos, no seu devido lugar. Mas eis que aparece alguém e mostra que o eixo é outro, e noutro lugar. Uma vez que você precisar reordenar suas atividades, seus humores, suas vontades e suas prioridades. Mas me pergunto é necessário tanta mudança? Se a pessoa está entrando na "minha" vida não é ela quem deve se adequar?
A resposta!? Sim e Não. Sim, porque a vida é sua e você já tem uma rotina; Não, porque deves sempre lembrar que também estamos entrando na vida de alguém, nós também estamos abalando uma estrutura, reorganizando uma rotina. Por isso, encontrar, conhecer e conviver com pessoas é nossa principal missão nesta vida, antes mesmo de construir e/ou conquistar algo.
Entretanto devemos questionar a necessidade de se ter alguém com você compartilhando o que você "tem", conhecendo quem você é. Até que ponto essa invasão deve ser "permitida" (isso mesmo, nós permitimos certas invasões!)?
Sempre baterei na tecla do autoconhecimento, devemos antes de qualquer coisa saber os nossos limites, para não permitir essas "invasões". Pessoas passarão aos montes por nossa vida, mas umas poucas farão alguma diferença deixando suas marcas, outras nem lembradas serão. Porém somente compreenderemos esses sinais observando, analisando e encaixando em nossa vida essas marcas.
O simples ato de tentar interpretar cada passagem por nossa vida é demasiado profundo, pois precisaremos perceber primeiro que tipo de marca estamos deixando na vida das pessoas, qual a qualidade do sentimento que despertamos nos outros. Devemos sempre lembrar que não somos seres diferenciados, especiais, mas somos sim pessoas que entram e saem da vida de alguém, e assim como queremos guardar bons momentos das pessoas, também devemos deixar bons sentimentos para as outras pessoas guardarem de nós.
Todos, sem exceção, somos serem em desenvolvimento, evolução, aprendizado, mas só compreenderemos de fato quando aprendermos a nos socializar, nos relacionar com as outras pessoas. Qualquer relacionamento começa com a compreensão, a compreensão de quem somos para podermos aceitar quem entrar na nossa vida!

1 de julho de 2011

Felicidade

Muitos são os conceitos sobre a felicidade. Uns julgam-se felizes, mesmo tendo poucos recursos, outros reclamam por ter tudo menos a felicidade. Então me pergunto: o que de fato é a felicidade? Seria um sentimento, um estado passageiro ou uma utopia? 
Em verdade, não sei dizer quais dessas opções é a correta, apenas posso afirmar que para conseguir vislumbrar um pouco de felicidade precisamos nos connhecer, compreender nossos sentimentos, nos perceber enquanto irradiadores de amor, de paz e de felicidade!
Há pouco tempo descobri que um sorriso demonstra muito mais sobre você que milhões de palavras sobre sua personalidade. O simples ato de sorrir mostra a felicidade que habita seu coração. Ser feliz não é fazer tudo "certo", como a maioria acredita ser. Pelo contrário, é justamente quebrar regras, tropeçar, cair e levantar, porque esses obstáculos nos ajudam a perceber tudo a nossa volta, e a compreender o que a vida esta tentando dizer, ensinar.
Assim nos tornaremos seres mais capazes de encontrar a felicidade nos lugares menos improváveis, nas situações menos promissoras, em pessoas que acabamos de conhecer e, sem que nos demos conta, desperta nosso "eu" de uma forma mágica. Acima de qualquer coisa, ser Feliz é a capacidade de olhar em volta e perceber poesia e canção em tudo que nossos olhos alcançam e adaptar à nossa vida. A felicidade não é constante mas pode ser eterna!!