24 de junho de 2014

Estudo do Evangelho

CAP XIII - Que a Vossa mão esquerda não saiba o que dá a Vossa mãe direita.

CONVIDAR OS POBRES E OS ESTROPIADOS

Item 8: "'Quando fizerdes um festim, disse Jesus, para ele não convideis os vossos amigos, mas os pobres e estropiados.' Estas palavras, absurdas se tomadas ao pé da letra, são sublimes se nelas se procura o espírito. Jesus não podia ter querido dizer que, em lugar dos amigos, é preciso reunir à sua mesa os mendigos da rua; sua linguagem era quase sempre figurada, e a homens incapazes de compreendem as nuanças delicadas do pensamento, seria preciso imagens fortes, produzindo o efeito de cores berrantes. O fundo do pensamento se revela nestas palavras: 'Sereis felizes porque não terão meios para vo-lo retribuir'; quer dizer que não se deve fazer o bem com vistas a uma devolução, mas pelo único prazer de fazê-lo. Para dar uma comparação surpreendente, disse: Convidai para os vossos festins os pobres, porque sabeis que estes não poderão nada vos retribuir, por festins é preciso entender, não o repasto propriamente dito, mas a participação na abundância de que desfrutais."


Reflexão: A máxima acima nos leva a pensar em nossas comemorações, em como festejamos junto àqueles que elegemos serem as pessoas certas a compartilhar nossas alegrias. Entretanto devemos ter em mente que para retribuir as dádivas divinas precisamos celebrar com os que menos possibilidades tem, pois assim estaremos retribuindo com bem o bem que recebemos, e seremos abençoados com mais tranquilidade em nossa jornada.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua opinião!